Carreira

9 dicas incríveis para ser um líder encantador e surpreendente!

9 dicas incríveis para ser um líder encantador e surpreendente
Escrito por Cristiane Romano

Você sabe como ser um bom líder? Seu papel vai muito além de assumir responsabilidades e fazer a empresa gerar lucros no final do mês: esses pontos são apenas o topo do iceberg. Um gestor exemplar gera impacto positivo na vida daqueles que estão ao seu redor.

Ele inspira segurança e coragem, motivando os colaboradores a fazerem o melhor que podem — não porque precisam cumprir uma meta, mas para serem os melhores naquilo que fazem e sentirem orgulho do próprio trabalho. Essa mudança de pensamento gera também uma transformação na companhia como um todo, e os bons resultados aparecem de forma natural.

Quer ser esse líder? Listamos, abaixo, 9 dicas essenciais para que você se torne essa pessoa!

Como ser um bom líder?

1. Compartilhe seus conhecimentos

Muitos chefes se comportam como guardiões do conhecimento, mas isso não é algo bom. Para que a sua equipe tenha tanto sucesso quanto você, é necessário que ela também possa acessar certas informações que você já possui.

Portanto, indique aos colaboradores bons cursos ou livros que você já leu e mudaram a sua forma de pensar. Com a internet, tornou-se muito mais fácil fazer com que o time tenha uma visão diferente sobre vender os produtos ou serviços e encarar esse novo mercado pautado na tecnologia. É preciso apenas uma boa orientação (ou seja: sua orientação!).

2. Tenha espírito empreendedor

Pensar fora da caixa é um hábito que todo bom líder precisa ter. Quando o mercado não está em uma boa situação e a economia entra em crise, um líder comum se abate e se conforma com o momento. Aquele que tem um espírito empreendedor, porém, encontra novos caminhos.

Esse novo percurso não significa copiar o método da concorrência que está dando certo, mas inovar. Pesquise, entenda o potencial do seu negócio, veja como ele pode se adaptar ao novo modelo de mercado e, principalmente, entenda do que seus clientes precisam. Crie empatia e se coloque no lugar deles.

3. Seja o exemplo

Quando éramos crianças, ouvíamos de nossos pais a seguinte fala: “faça o que eu mando, não faça o que eu faço”. Essa é, sem dúvidas, uma das frases mais sem sentido que existe. Afinal de contas, a nossa mente aprende pelo exemplo — e não apenas pelas palavras. E, mesmo quando já nos tornamos adultos, essa condição não muda muito.

Portanto, se você quer se tornar um grande líder, mostre isso em atitudes (e não apenas em palavras). Quer ensinar a um vendedor como fazer o cliente desejar o produto ou serviço que é oferecido? Vá para a linha de frente e mostre como se faz! Certamente, ele aprenderá de forma muito mais rápida e te admirará por isso.

4. Faça a equipe pensar

É bastante comum ver colaboradores agindo como máquinas, especialmente em locais com um grande número de pessoas trabalhando. Porém, a época do trabalhador do filme “Tempos Modernos” já passou e, hoje, uma empresa necessita de pessoas que tenham algo a acrescentar e forneçam boas ideias para fazer o negócio crescer.

Mas como fazer isso? Questione sempre e faça com que a equipe reflita sobre seus atos, ainda que eles sejam provenientes de uma ordem vinda de você. Quem está na linha de frente, por exemplo, entende mais profundamente os hábitos dos consumidores da marca.

Se identificarem que um novo processo de atendimento pode não ser bom, portanto, tais colaboradores precisam ter liberdade para comunicar isso e dar novas sugestões.

5. Valorize o seu funcionário

Todo ser humano gosta de receber elogios. Aprendemos melhor com um incentivo positivo do que com um negativo, não é mesmo? E essa necessidade de reconhecimento pelas nossas atitudes cresce com o passar do tempo.

Queremos que nossos pais sintam orgulho de nossas ações e, depois, quando estamos no mercado de trabalho, o líder é o responsável por essa recompensa. O melhor do elogio é que ele não tem custo e gera um excelente retorno para a empresa, além de melhorar o relacionamento com a equipe.

Profissionais e cientistas confirmam isso. Os neurologistas afirmam que liberamos dopamina nos momentos em que estamos satisfeitos, algo que é muito poderoso para a nossa forma de pensar e agir. E os especialistas da área de gestão dizem que o elogio atrai lucros.

Outro benefício de uma observação positiva é que ela se torna um ótimo feedback para o funcionário. Com esse reforço, o colaborador entende que o que acabou de fazer é bom para ele e para a companhia — e que está na direção certa.

6. Faça críticas construtivas

A crítica, quando construtiva, também é uma forma de oferecer um feedback necessário para a equipe. Faça isso de forma moderada e, de preferência, particularmente, sem causar constrangimentos para os colaboradores.

Pontue as boas atitudes e mostre o que está errado. Pergunte o que deve ser melhorado e como isso pode ser feito. Além de ajudar no crescimento do seu negócio, você contribuirá com a evolução pessoal do funcionário.

7. Peça conselhos

Pedir conselhos a todos que trabalham na empresa é uma maneira de fazer com que não se sintam apenas a força de trabalho, mas parte integrante dela. Essa também é uma forma de valorizar a equipe e mostrar que a opinião dos colaboradores é muito importante para você.

Existem várias formas de fazer isso. É possível aplicar questionários, quando o número de funcionários é muito grande, ou realizar reuniões com cada departamento e fazer com que os resultados sejam levados à direção (para que, a partir daí, as opiniões sejam analisadas).

8. Seja resiliente

Essa é uma das características essenciais para ser um bom líder, mas poucos a possuem. Saber lidar com problemas da maneira adequada e adaptar-se a eles de forma positiva exige uma mudança de visão — e, também, ter a mente aberta para criar outros caminhos.

Conseguir enfrentar momentos de instabilidade é extremamente importante em um mercado que muda a todo o momento. É normal se sentir inseguro quando uma situação ruim acontece, e é nessa hora que contar com a ajuda da equipe é fundamental.

9. Seja claro

Saber se comunicar de forma clara é uma das qualidades que um bom líder deve ter. Você precisa adaptar a sua fala e o seu discurso aos diferentes setores do empreendimento. Entender como atrair a atenção do público e se mostrar seguro durante as reuniões são posturas fundamentais.

Um pequeno erro de comunicação pode causar um grande prejuízo. E os efeitos indesejados afetariam não apenas a equipe em si, mas também o resultado da companhia em um determinado período.

Quer aprender mais e acessar outras dicas sobre como ser um bom líder? Assine a nossa newsletter e receba nossos conteúdos em primeira mão!

Sobre o autor

Cristiane Romano

Fonoaudióloga de formação, sempre foi apaixonada por Oratória e durante sua carreira percebeu o quando as pessoas deixam de ganhar e crescer profissionalmente por não possuírem domínio da oratória. Nos últimos 15 anos tem estudado e aplicado suas técnicas para milhares de pessoas, técnicas essas desenvolvidas e validadas em seu Mestrado e Doutorado pela Universidade de São Paulo (USP). Possui também formação internacional pela Universidade de Ohio nos Estados Unidos.

Deixar comentário.

Share This