Oratória

Por que falar em público com naturalidade é importante?

Escrito por Cristiane Romano

Você criou e sabe tudo do projeto, mas, na hora da apresentação, suas falas estão recheadas de pausas constrangedoras? Saiba que pode estar faltando algo muito simples nas suas conversas: a naturalidade.

Ao contrário do que muitos pensam, falar em público com excelência não significa “falar bonito”. O uso de palavras difíceis e rebuscadas pode prejudicar a sua mensagem, transmitir certo ar de falsidade ao seu interlocutor e comprometer a credibilidade.

Seja você um profissional de vendas, executivo em ascensão ou alguém que quer ser lembrado para um novo cargo, comunicar-se com clareza e originalidade será o passaporte para muitas conquistas na sua carreira e nos seus relacionamentos.

Confira, então, no decorrer deste artigo, outras razões que listamos para você falar em público de forma natural e conquistar uma narrativa cativante e poderosa.

1. Evidencie seu potencial

Acredite: ainda que suas falas não saiam perfeitas, expressar-se naturalmente aflora grandes competências (algumas até mesmo desconhecidas) e faz as pessoas darem mais valor ao que você tem a dizer ou acrescentar.

Imagine-se conversando com amigos e família. Pense na empolgação de lhes contar seus projetos e novidades. Fale com o mesmo brilho nos olhos para sua audiência e, assim, retenha mais atenção e cative quem o escuta.

Seus gestos, seu olhar e sua presença passarão a originalidade necessária para todos confiarem na sua mensagem. 

Você pode se surpreender com a empatia e a aceitação que começará a receber quando conseguir viver na sua essência.

2. Melhore seus resultados

Não estamos falando apenas em vendas ou contratos fechados. Para uma comunicação de resultados, o primeiro passo é criar rapport com o outro, mas de forma natural e tranquila.

Quando esse vínculo acontece, a comunicação ultrapassa as barreiras da consciência e gera conquistas a seu favor.

Suas ideias e opiniões serão melhor ouvidas, com grandes chances de serem aceitas e até mesmo celebradas. 

3. Tenha presença marcante ao falar em público

Cada pessoa é única e constrói sua personalidade com anos de vivência e experiências pessoais.

Assim, um discurso que exprime quem você realmente é deve conter traços dessas experiências e convencer sua plateia de quão especial e única é a oportunidade de ouvir o que você tem a dizer.

Imitar estilo narrativo, postura e gestos de outra pessoa (ainda que esta seja a melhor em determinado assunto) fará de você apenas uma cópia, mais do mesmo.

Obviamente, você deve aprimorar suas habilidades para que sua oratória atinja a excelência. E para alcançar seus objetivos, combine tais habilidades com o seu poder pessoal.

4. Gere diferencial competitivo

Se esperar ser um expert em falar em público para aceitar uma tarefa desafiadora, todas as boas oportunidades de ser visto e reconhecido passarão. Simples assim. 

Comunique-se de forma clara e simples em todas as oportunidades. Das conversas informais com o chefe ao happy hour com os amigos.

Diferentemente daqueles mais introvertidos, você certamente será lembrado para o novo projeto ou obterá as aprovações de que precisa. 

Para isso, treine a suas conversas antes, no espelho, confira dicas para fazer um bom discurso e dedique-se constantemente. As pessoas — entre elas, possíveis avaliadores, entrevistadores, clientes e gestores — perceberão sua mudança.

Esperamos que, com este texto, você tenha compreendido a necessidade de usar de naturalidade para gerar credibilidade e aprimorar as suas técnicas de falar em público.

Deixe aqui nos comentários suas dúvidas e dificuldades sobre o assunto ou nos conte o que uma oratória mais atrativa faria por você e seus negócios neste momento! 

Sobre o autor

Cristiane Romano

Fonoaudióloga de formação, sempre foi apaixonada por Oratória e durante sua carreira percebeu o quando as pessoas deixam de ganhar e crescer profissionalmente por não possuírem domínio da oratória. Nos últimos 15 anos tem estudado e aplicado suas técnicas para milhares de pessoas, técnicas essas desenvolvidas e validadas em seu Mestrado e Doutorado pela Universidade de São Paulo (USP). Possui também formação internacional pela Universidade de Ohio nos Estados Unidos.

Deixar comentário.

Share This