Oratória

Você sabe o que é reprogramação emocional?

Reprogramação emocional
Escrito por Cristiane Romano

Nós podemos dividir nossa mente em duas partes, o consciente, que coordena os pensamentos racionais e o subconsciente, que abriga nossas crenças e constrói as perspectivas emocionais. A partir do momento em que sentimos ou pensamos algo, criamos nossa realidade que não pode ser destruída, porém pode ser mudada. Essa alteração consiste na reprogramação emocional.

Hoje vamos entender como a mente funciona, como podemos transformar nossos pensamentos e de que maneira isso tudo pode alterar a nossa vida. Será que é possível vencer medos irracionais, ou modificar o mundo a nossa volta através de como reagimos a ele? Descubra a seguir.

Como a mente funciona?

Nosso cérebro está sempre projetando alguma coisa, imaginações de futuros possíveis, lembranças e raciocínios. Constantemente repassamos aprendizados antigos, revemos algo que aconteceu no nosso dia e encenamos o que poderíamos ter feito diferente ou o que deveríamos ter dito. É possível avançar, pausar e refazer.

Essas projeções são acompanhadas por sentimentos e sensações, são carregadas de emoções e transformam seu estado psicológico.

O mesmo acontece se lembramos de um sentimento específico que nos traz nervosismo ou euforia, felicidade ou tristeza, amor ou ódio, o nosso corpo se modifica. Nossa respiração e batimentos mudam, os músculos podem tensionar ou relaxar. Isso acontece pelo fato de estar tudo interligado: a memória, o sentimento e o seu corpo.

O ponto é que a nossa consciência sabe discernir o real do irreal, mas o subconsciente não sabe. Quando nossa mente está distraída, como quando assistimos a um filme, o inconsciente responde ao conteúdo como se fosse real, então nos assustamos, choramos e, até, nos emocionamos.

Por isso é que podemos reprogramar nossa mente e mudar os sentimentos ligados a certas lembranças. Por essa razão a hipnose, a autossugestão e a afirmação funcionam: porque o que pensamos e projetamos em nossa mente afeta nossa vida em geral.

Podemos mudar o jeito que nossa mente funciona?

Depois de entendermos como nossa mente trabalha, fica mais fácil enxergar que as lembranças podem ser recombinadas com sentimentos diferentes, o que pode ser muito útil para eliminar pavores ilógicos, ansiedade ou sentimentos ruins que estavam ligados a alguma situação.

Para mudar a maneira de agir da mente é preciso separar a imagem da resposta emocional ligada a ela, já que são os sentimentos que têm o poder. A ideia básica por trás da remodelação é reunir a memória e mudar as projeções de forma que essa imagem e os sentimentos ruins ligados a ela sejam neutralizados.

Como funciona a técnica de reprogramação emocional?

São diversas as técnicas para reprogramação emocional existentes. Desbotar as imagens e transformar em branco e preto as memórias ruins é uma delas. Dessa maneira, a resposta emocional também diminuirá e se tornará mais distante, até se tornar irreal.

Você pode criar o efeito positivo ao estimular a criação de afirmações e visualizações, ou seja, utilizar a atitude mental positiva. Por exemplo, visualizar algo que você quer muito e como se sentirá quando o conseguir é um exercício excelente. Não é preciso ter uma visão muito detalhada, mas a resposta emocional deve estar clara e é de grande importância para a construção do link mental.

A meditação associada com trabalho corporal como massagem, yoga e Tai Chi, também são maneiras de reprogramação emocional que têm a capacidade de focar a sua mente em um objetivo, tipo de sentimento ou resposta desejada. Condicionam a mente e o corpo ao mesmo tempo.

Como a reprogramação emocional pode me ajudar?

Ao ter domínio sobre a própria mente é possível manter um pensamento edificante, lidar melhor com as frustrações do dia a dia, compreender as pessoas e diminuir as decepções. A atitude mental positiva traz satisfação, alegria e confiança; além de nos tornar capazes de superar traumas, como o de falar em público, e faz com que a vida seja mais plena.

São muitos os benefícios trazidos pela reprogramação emocional, desde que a mesma seja feita com seriedade, acompanhamento profissional e como um trabalho constante de melhora, controle psicológico e emocional. Gostou do que aprendeu sobre nossa mente? Então, que tal deixar sua opinião nos comentários?

Sobre o autor

Cristiane Romano

Fonoaudióloga de formação, sempre foi apaixonada por Oratória e durante sua carreira percebeu o quando as pessoas deixam de ganhar e crescer profissionalmente por não possuírem domínio da oratória. Nos últimos 15 anos tem estudado e aplicado suas técnicas para milhares de pessoas, técnicas essas desenvolvidas e validadas em seu Mestrado e Doutorado pela Universidade de São Paulo (USP). Possui também formação internacional pela Universidade de Ohio nos Estados Unidos.

2 comentários

  • Bom dia Cris muito bom este artigo de fato nós usamos muito a parte racional que é o consciente e esquecemos do subconsciente e sem trabalhar estas opções. Quero colocar em prática.

Deixar comentário.

Share This