Linguagem corporal

Afinal, é bom gesticular durante a fala?

Escrito por Cristiane Romano

Falar em público pode ser um dos principais medos do ser humano. Por isso, saber se comunicar com eficácia é uma habilidade muito valorizada no mercado. Um bom orador não é aquele que apenas profere belas palavras, mas que também sabe gesticular durante a fala.

Os gestos devem estar alinhados ao discurso, caso contrário, as palavras não terão o mesmo peso, as pessoas poderão não acreditar na sua mensagem ou os ouvintes se esquecerão da palestra e se concentrarão nos gestos.

Como saber se os seus gestos estão transmitindo a mensagem que você deseja? Continue a leitura e saiba agora mesmo a resposta:

A importância de gesticular durante a fala

Estudos mostram que 93% da comunicação entre pessoas são feitos via linguagem corporal. É por meio dos gestos que conseguimos estimular o canal visual dos ouvintes, aumentando as chances de eles reterem melhor e por mais tempo as informações que estamos transmitindo.

Em outras palavras, se usados com equilíbrio, os gestos farão com que os ouvintes fiquem seguros quanto ao que se fala. Além disso, os gestos dão vida às palavras. Já notou que até mesmo falando ao telefone você faz gestos? Experimente falar sem gesticular e notará a diferença.

Agora que sabe a importância, veja algumas dicas de como gesticular para transmitir a mensagem que você deseja.

Posicione-se de modo a facilitar os gestos

Para quebrar o gelo e diminuir o nervosismo, posicione-se com os braços soltos ao longo do corpo e inicie cumprimentando as pessoas e se apresentando.

Comece com um dos braços; depois, o outro, permanecendo levemente na região entre a cintura e peito. Busque expressar movimentos naturais até que esteja seguro para gesticular normalmente. As pernas deverão estar a uma distância de um palmo (cerca de 20 centímetros) uma da outra. Essa posição proporcionará equilíbrio e uma postura elegante.

Não se comporte como uma estátua e se movimente com objetivo. Uma boa estratégia é dar de 2 a 3 passos para direita ou para a esquerda durante a sua palestra.

Dicas de gesticulação

Existem 2 categorias de gestos:

  • descritivos: gestos que expressam uma ação ou uma localização;

  • e enfáticos: gestos que expressam sentimentos e convicções e que destacam e reforçam ideias.

Os gestos mais eficazes são aqueles gestos feitos de coração. Prepare-se bem para sua palestra, procurando sentir e visualizar aquilo que você pretende passar para sua plateia. Então use seus gestos de maneira que transmita a informação da forma que você pensou.

Evite utilizar o mesmo gesto repetidamente. Se você fizer isso, desviará a atenção do público. Uma dica é treinar em frente ao espelho durante a sua preparação.

Gesticular durante a fala é um desafio, mas lembre-se: posicione-se de forma elegante, com confiança e sem arrogância, evite a falta de gestos e, principalmente, o excesso deles. Olhe para todos os lados da plateia, movimente-se com objetivo e preste atenção nas suas pernas. Seguindo essas dicas, você alcançará ótimos resultados.

Gostou deste post? Então assine a nossa newsletter e receba em 1ª mão as nossas sugestões para se tornar um orador cada vez melhor.

Sobre o autor

Cristiane Romano

Fonoaudióloga de formação, sempre foi apaixonada por Oratória e durante sua carreira percebeu o quando as pessoas deixam de ganhar e crescer profissionalmente por não possuírem domínio da oratória. Nos últimos 15 anos tem estudado e aplicado suas técnicas para milhares de pessoas, técnicas essas desenvolvidas e validadas em seu Mestrado e Doutorado pela Universidade de São Paulo (USP). Possui também formação internacional pela Universidade de Ohio nos Estados Unidos.

Deixar comentário.

Share This