Linguagem corporal

Afasia: você sabe o que é e como tratar?

Afasia: você sabe o que é e como tratar?
Escrito por Cristiane Romano

De origem grega, a palavra afasia significa perda ou defeito da fala e define uma perturbação causada na comunicação devido a danos em algumas áreas do cérebro.

Geralmente, essa lesão acontece no lado esquerdo, responsável por diversas funções, inclusive de movimentos do lado direito do corpo, mas sobretudo ligado à linguagem e à comunicação.

As causas dessa alteração podem ser várias, com o agravante de que a própria pessoa pode não perceber as dificuldades que anda enfrentando. Por isso, é essencial buscar ajuda profissional para tratar esse problema quando houver sintomas.

A boa notícia é que existe tratamento e as limitações podem ser abrandadas com o devido cuidado e acompanhamento.

Continue lendo e entenda mais sobre a afasia.

Entenda para cuidar: possíveis causas da afasia

Em muitos casos, a afasia surge após um acidente vascular cerebral (AVC), acidentes automobilísticos e de impacto ou mesmo situações de estresse, que podem contribuir para a causa de hemorragias intracranianas. O uso de drogas também pode causar lesões diversas e, por isso, essas substâncias devem ser evitadas.

Outras vezes, alguma infecção ou mesmo situação especial de nascença podem lesionar o cérebro, afetando as áreas responsáveis pela linguagem e comunicação. 

Vale lembrar que, por ser uma lesão, podem acontecer desde alterações mais leves a mais graves. Nem todas essas pessoas terão os mesmos tipos de afasia.

Um dos maiores problemas é a forma como afeta a vida familiar e profissional da pessoa, gerando situações de desentendimento, desgastes ou limitação na forma como o indivíduo é entendido pelos demais. 

O importante é procurar ter uma vida saudável, praticando atividades físicas e evitando o uso de drogas. Manter a saúde em dia e a mente sã é a melhor coisa que você pode fazer por si. Cuide-se!

Conheça os sintomas 

Conforme dito, os principais sintomas da afasia estão ligados à linguagem e à comunicação, mas podem também limitar a força e alguns movimentos no braço direito e em parte da face. 

O cérebro é um órgão extremamente complexo e importante, do qual todos os outros dependem para funcionar. Por isso, alguns outros problemas para além da fala são passíveis de acometer a pessoa com afasia, como por exemplo:

  • Alexia: alteração da capacidade de leitura, podendo ser branda ou de perda total.

  • Agrafia: alteração da escrita na mão direita, podendo ser leve ou grave.

  • Acalculia: dificuldade com números, cálculos e mesmo para usar dinheiro, dependendo da gravidade da lesão. 

Tratar para viver bem

Em muitos casos, a lesão não chega a ser tão grave a ponto de limitar a pessoa severamente. Por isso, torna-se possível minimizar significativamente os danos por meio de um de tratamento longo e consistente.

Em relação à fala e à expressão propriamente ditas, os principais tipos de afasia são:

Afasia de condução

A mais branda das formas de afasia, já que a fala e a compreensão não são profundamente afetadas. Porém, a pessoa apresenta dificuldades em repetir corretamente as palavras.

Afasia de Wernicke

A fala fica intacta, mas a compreensão fica comprometida. Podem acontecer momentos de parafasias, ou seja, quando se troca uma palavra por outra. As pessoas com esse tipo de alteração não tendem a apresentar as fraquezas no lado direito do corpo e geralmente não percebem que há algo errado.

Afasia de Broca

Ao contrario da Afasia de Wernicke, há comprometimento parcial da fala, mas a compreensão permanece intacta. A leitura acontece normalmente, mas a escrita fica afetada, bem como o lado direito da face. Por serem sintomas mais visíveis, os indivíduos com esse tipo de afasia conseguem perceber que há algo errado.

O tratamento costuma envolver profissionais de diversas áreas, como fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas e psicólogos. Por meio de exercícios diários constantes, feitos tanto em casa quanto no consultório, o paciente começa a recuperar sua qualidade de vida. 

Se você tem procurado melhorar sua oratória e habilidades comunicacionais e gostou deste artigo sobre afasia, assine nossa newsletter. Sempre temos artigos relevantes sobre o tema! 

Sobre o autor

Cristiane Romano

Fonoaudióloga de formação, sempre foi apaixonada por Oratória e durante sua carreira percebeu o quando as pessoas deixam de ganhar e crescer profissionalmente por não possuírem domínio da oratória. Nos últimos 15 anos tem estudado e aplicado suas técnicas para milhares de pessoas, técnicas essas desenvolvidas e validadas em seu Mestrado e Doutorado pela Universidade de São Paulo (USP). Possui também formação internacional pela Universidade de Ohio nos Estados Unidos.

Deixar comentário.

Share This